segunda-feira, 20 de julho de 2009

Dica de Leitura

CREPÚSCULO
Bom, se não bastasse o filme que é simplesmente lindo, adotei mais esse filhote ai ao lado para minha coleção. Ainda estou no meio do livro, comecei a lê-lo ontem, mas é tão fascinante que já estou indicando aqui. Para os que gostaram do filme, o livro é beeeem mais rico em detalhes e torna a história mais romântica e bela. Além do que fiquei simplesmente apaixonada pela capa do livro. P-E-R-F-E-I-T-A.
RESENHA:
Crepúsculo poderia ser como qualquer outra história não fosse um elemento irresistível: o objeto da paixão da protagonista é um vampiro. Assim, soma-se à paixão um perigo sobrenatural temperado com muito suspense, e o resultado é uma leitura de tirar o fôlego - um romance repleto das angústias e incertezas da juventude - o arrebatamento, a atração, a ansiedade que antecede cada palavra, cada gesto, e todos os medos. Isabella Swan chega à nublada e chuvosa cidadezinha de Forks - último lugar onde gostaria de viver. Tenta se adaptar à vida provinciana na qual aparentemente todos se conhecem, lidar com sua constrangedora falta de coordenação motora e se habituar a morar com um pai com quem nunca conviveu. Em seu destino está Edward Cullen. Ele é lindo, perfeito, misterioso e, à primeira vista, hostil à presença de Bella o que provoca nela uma inquietação desconcertante. Ela se apaixona. Ele, no melhor estilo "amor proibido", alerta: Sou um risco para você. Ela é uma garota incomum. Ele é um vampiro. Ela precisa aprender a controlar seu corpo quando ele a toca. Ele, a controlar sua sede pelo sangue dela. Em meio a descobertas e sobressaltos, Edward é, sim, perigoso: um perigo que qualquer mulher escolheria correr. Nesse universo fantasioso, os personagens construídos por Stephenie Meyer - humanos ou não - se mostram de tal forma familiares em seus dilemas e seu comportamento que o sobrenatural parece real. Meyer torna perfeitamente plausível - e irresistível - a paixão de uma garota de 17 anos por um vampiro encantador.
Editora: Intrínseca
Autor: STEPHENIE MEYER
Origem: Nacional
Ano: 2008
Edição: 1
Número de páginas: 416
Acabamento: Brochura
Formato: Médio
FICADICA

Um comentário:

  1. Meio esquisito o filme, mas até não é ruim...

    ResponderExcluir

Universalizem